domingo, 5 de abril de 2015

A Frota da Aliança (Portal 2012)

Desde a invasão arconte, em 1996, há uma intensa guerra acontecendo neste Sistema Solar.

Logo após 1996, a frota Draco-reptiliana conjunta com muitas facções do programa espacial secreto Illuminati tinha o controle quase total deste Sistema Solar. Muitos seres humanos foram forçados a trabalhar para eles como escravos, na mineração de asteroides. As forças Draconianas tenderam a ocupar as colônias no Sistema Solar exterior, ao passo que os Illuminati se concentraram mais no cinturão de asteroides, Marte e da Lua.

Na Lua, houve a tradicional divisão entre a face exposta e a oculta. A face exposta foi ocupada principalmente por raças positivas, com a principal exceção da base de Archimedes, destruída mais cedo, em 1977 e que pertencia ao programa Solar Warden. Draconianos, Reptilianos e Illuminati tiveram suas bases, principalmente no lado mais distante. A razão para isso é que queriam esconder suas atividades dos olhos curiosos da humanidade da superfície e também por não possuírem a tecnologia avançada de camuflagem que as forças da Luz possuem. Pela mesma razão, pintaram suas naves espaciais secretas na cor preta para reduzir seu albedo (refletividade), a fim de evitar a detecção por astrônomos profissionais e amadores na superfície. Além disso, tiveram que ajustar suas trajetórias de voo para minimizar o risco de detecção.


O LOC (Lunar Operations Command/Comando Lunar de Operações), foi o principal reduto do programa Solar Warden e que agora pertence às forças da Luz, está localizado na face oculta da Lua.

É interessante notar que algumas informações secretas dessas colônias vazaram na internet, disfarçadas de ficção científica, com algumas de suas descrições muito próximas da realidade:

http://www.karridian.net/robotech_sc_offworld.html

Além disso, há alguma especulação superficial sobre a possibilidade de bases lunares subterrâneas na grande mídia:

http://rt.com/news/242893-moon-lava-tubes-size/

Felizmente, após a invasão de 1996, a principal base das Forças da Luz, em Ganimedes não foi tomada. A base de Ganimedes é a localização do principal portal interdimensional, ligando Sirius a este sistema solar, que foi mantido intacto ao longo da invasão, dando suporte a Luz.

Além disso, um movimento de resistência foi organizado na colônia escrava Draco/Illuminati no planeta X. Este Movimento de Resistência fez contato físico com os Pleiadianos estacionados além da heliopausa, no cinturão exterior de Kuiper, onde com o suporte dos Pleiadianos, organizou um motim no planeta X em dezembro de 1999, expulsando os Illuminati e libertando o planeta, mudando sua base para rede subterrânea de Agartha, no planeta Terra.

A partir de então, o Planeta X passou a ser utilizado pelas forças da Luz como a base estratégica para as operações de limpeza do sistema Solar. Primeiro limparam a principal fortaleza militar das forças das trevas em Caronte. Em seguida, passaram muito rapidamente na parte intermediária do Sistema Solar exterior, limpando-a onde, em seguida intensas batalhas aconteceram no principal cinturão de asteroides entre 2000 e 2003.

Em março de 2001, uma determinada e importante operação das Forças da Luz foi concluída e que possibilitou a Civilização Central ser capaz de intervir diretamente neste Sistema Solar. Então posicionaram estações intermediárias esféricas do tamanho da Lua, fora da heliopausa deste Sistema Solar, para estabilizar o fluxo das intensas energias do Sol Central Galáctico, que estava prestes a se tornar mais ativo, no pico de seu ciclo de 26 mil anos. Ao direcionar essas energias harmoniosamente no sistema Solar, muitos cataclismos, incluindo os da Terra, foram impedidos. Quando os Illuminati detectaram a presença dessas esferas, se apavoraram e perpetraram o 11.09.2001.

Em 2003, as forças da Luz começaram a prevalecer no Sistema Solar e, em 2012, todos os programas espaciais negativos secretos, exceto aqueles ligados diretamente ao Grupo Chimera foram extintos.

Agora, o único problema fora da Terra é um número muito pequeno de indivíduos Chimera e seus asseclas que defendem seus redutos do Sistema Solar, (principalmente nas estações de guarda de implantes), armadas com bombas strangelets e toplets plasmáticas. Pelo fato de todo mundo na Terra possuir implantes que bloqueiam o acesso a  essas informações, todas as informações sobre o Chimera estão na sombra mais profunda do inconsciente coletivo, muito mais profundamente que os programas SRA, MK Ultra, MILABs ou SSP.

Após a abertura com sucesso do portal IS:IS,  em 15 de Dezembro do ano passado, em que foi concluída a triangulação das trevas para o Cluster local de galáxias, a Civilização Central posicionou estações intermediárias esféricas maiores (algumas delas, de até 30.000 milhas de diâmetro) na heliopausa, reposicionado muitas menores, do tamanho da Lua, no interior do Sistema Solar.


Após a remoção bem sucedida de todas as bombas físicas strangelets e toplets no final de janeiro deste ano, uma operação para a liberação final do nosso Sistema Solar (codinome MOSS) foi iniciada.

O Planeta Terra ainda é o foco da guerra por representação entre muitas raças extraterrestres. Representantes de muitas raças entraram na quarentena muitas vidas atrás e continuaram a lutar. No lado da Luz, a maioria dos Trabalhadores da Luz veio das Plêiades e Sirius. Muitos Guerreiros da Luz são originários de Antares e Arcturus. A maioria dos representantes das famílias Dragão tem origem na facção positiva das raças draconianas. Muitos membros do Movimento de Resistência e Militares Positivos tem origem Andromedana. No lado escuro, os Rothschilds vêm de Orion. A facção Rockefeller/Bush/IllumiNazi vem da facção negativa da raça Draconiana. Mercenários do Estado islâmico e Blackwater/Xe/Academi têm origem reptiliana. Os jesuítas e as famílias da Nobreza Negra vêm da facção negativa de Andrômeda.

O plano geral das Forças da Luz para a libertação de o nosso Sistema Solar e esboço de suas posições de frota são conhecidos há décadas:

http://www.luisprada.com/Protected/Galactic_Federation_Fleets.htm


Todas as naves das Forças da Luz no interior do nosso Sistema Solar estão revestidas com uma membrana taquiônica para evitar a detecção na superfície do planeta. Muitas dessas naves seguem órbita similares, principalmente do cinturão de asteroides e objetos do cinturão de Kuiper onde, na sua maioria, suas membranas taquiônicas projetam uma assinatura espectral de um condrito ordinário (para naves no cinturão de asteroides) e assinatura espectral de metano congelado (para naves no cinturão de Kuiper). Desse modo, os astrônomos da superfície as confundem com asteroides regulares ou objetos do cinturão de Kuiper.

Estas naves não são naves como entendemos. São biosatélites multidimensionais, uma interação orgânica de consciência e matéria Luminosa inteligente.

As naves menores pertencem ao Comando Ashtar, Comando Júpiter e das Plêiades, Sirianos, Andromedanos, Arcturianos e frotas da Resistência. Os biosatélites esféricos, maiores, pertencem a Civilização Central.

A Civilização Central é uma antiga raça, que evoluiu próxima ao Sol Central Galáctico, sendo a primeira raça na Galáxia que atingiu a maturidade espiritual, há muitos milhões de anos atrás. Em alguns círculos, esta raça é conhecida como os WingMakers:

http://soulconnection.net/glossary_in_depth/central_race.html

Às vezes, eles se manifestaram em toda a história humana como seres físicos angelicais com asas.

Um dos seus representantes, Iona, trouxe os mistérios da Deusa para a Terra, em Atlântida:

http://2012portal.blogspot.com/2013/10/make-this-viral-aion-portal-activation.html

Há milhões de anos atrás, a Civilização Central iniciou a construção dos portais interdimensionais em todo a Galaxia e criou a rede Galáctica da Luz. Na medida em que ele fez isso, encontrou muitas raças por toda a Galáxia, ajudando-os a atingir um nível de maturidade espiritual igual ao seu. Todas essas raças, soberanas e espiritualmente maduras criaram uma união confederada que é chamada de Confederação Galáctica (NÃO confundir com a Federação Galáctica). Como o nome indica, não é uma federação de mentalidade agregada e centralizada, mas uma união confederada livre, uma união construtiva de raças maduras e soberanas. Você pode ler a distinção entre uma federação e confederação aqui:

http://www.diffen.com/difference/Confederation_vs_Federation

Existe uma divisão especial da Confederação Galáctica, que é chamada de Comando Ashtar. O objetivo do comando Ashtar é a libertação do planeta. Outra divisão importante é chamado de Comando Júpiter. O Comando Júpiter é o guardião do portal Ganimedes e seu principal objetivo é a libertação espiritual deste Sistema Solar. É a principal força espiritual por trás da Ordem da Estrela e atrás das famílias Dragão Azul.

Depois de 1996, muitas pessoas foram mentalmente programadas contra o Comando Ashar.  Desde então, a maioria destes canalizadores mentalmente programados, também tiveram suas transmissões interrompidas e, desde então, estão recebendo mensagens enganosas, principalmente da grade etérica/plasmática da tecnologia Arconte em seu lugar. (Nota importante do Gabriel: O Cobra não está generalizando os Canais. Ele está falando especificamente de um grupo que teve suas mentes programadas para não trazerem mensagens verdadeiras da Confederação / Comando Ashtar para Terra. Se houver dúvidas sobre isso recomendo que leiam outro artigo dele sobre o assunto Aqui - Recomendo que vejam também duas mensagens do Ashtar que recebi recentemente onde ele explica como identificar as mensagens genuínas das não genuínas. Veja Aqui e Aqui)

A chave aqui é procurar a Luz. Se buscarem contato com Forças da Luz, ele será encontrado. Se optarem por se concentrar sempre na negatividade, temendo que tudo seja apenas mais um golpe, também assim será. Então escolham seu foco com sabedoria.

Como agora estamos na fase da Ruptura, a finalidade da Aliança (outra palavra para as Forças da Luz aliadas) é continuar com a ofensiva final para liberar completamente o Setor 3, que é o codinome de informações secretas para o Sistema Solar.

As forças extraterrestres da Aliança é o principal motor por trás do BRICS/Aliança Oriental na superfície deste planeta.

Após a conclusão do MOSS (Multidimensional Operations Solar System/Operações Multidimensionais no Sistema Solar) e Operações Sublunares subsequentes, o Evento se seguirá.

Este será a realização de uma antiga profecia que é parte do folclore espiritual da Civilização Central sobre o momento em que toda a escuridão desaparecerá da Galaxia e a Rede Galáctica de Luz será concluída.

Muitas informações sobre a situação no nosso Sistema Solar será lançada através do meu blog e de outras fontes de informações num futuro próximo, na medida em que as operações de libertação continuarem. Por isso, é de importância vital que se eduquem sobre os fatos básicos de nosso Sistema Solar para uma melhor compreensão das informações que serão lançadas:

http://www.space.com/56-our-solar-system-facts-formation-and-discovery.html

A Ruptura está próxima!


Fonte: Portal 2012
Tradução: Sementes das Estrelas / Candido Pedro Jorge

Um comentário:

  1. Explicações maravilhosas encontrei aqui neste blog. Agradeço muito, porque estou tirando dúvidas... completando conceitos e aprendendo muito. Muito grata!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...